Desvendando os Manjericões

Desvendando os Manjericões
Gabriela Pastro

Manjericão_roxinho_Gabi_Pastro (3)

Os manjericões têm seu centro de origem na Ásia, sendo que as variedades manjericão comum (Ocimum basilicum), manjericão limão (Ocimum basilicum var. citriodorum) e manjericão tailândes(Ocimum basilicum var. Horapha) estão entre as mais fáceis de cultivar. Gosta de sol direto e solo bem drenado, levemente úmido e adubado.

 Algumas dicas valiosas:

  •  Apareceram flores? Pode a maioria, caso contrário, a próxima etapa da planta é morrer.
  •  Quer reproduzi-lo? Deixe apenas algumas poucas flores se desenvolverem e a planta produzir sementes. Colha quando as flores começarem a secar. Outra maneira é enraizar um ramo de uns 15 cm na água (por 1 semana) e depois plantar na terra.
  •  Como podar? Sempre com tesoura, nada de arrancar folhinhas, e acima de cada nó (ramificação do ramo)
  •  Quando adubar? Quando plantados em vasos, a cada 40 dias. Quando plantados em canteiros, a cada 2 meses.

 E agora, mãos à terra!!!


Venha conhecer mais de 12 tipos de manjericões, como cultivá-los e usá-los na culinária. Uma vivência intensa no mundo esta erva aromática (19/03 das 14h00 – 16h30). Inscrições (11) 2631-4915.

Vivência Desvendando os Manjericões ©Sabor de Fazenda
Vivência Desvendando os Manjericões com Gabriela Pastro ©Sabor de Fazenda

 

 

 

 

 

 

 

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br

Este post tem 2 comentários

  1. Oduvaldo

    Uma erva aromática incrível na culinária…
    Aprendi a usar também como chá…
    Muito bom…

Deixe uma resposta