Adubo em Pó versus Adubo Líquido: qual escolher?

Adubo em Pó versus Adubo Líquido: qual escolher?

Adubação é sempre um tema que causa muitas dúvidas, por aqui já escrevemos diversos posts sobre ela (basta buscar ‘adubação’ na caixa de busca e encontrará diversos). E um dos subtemas de confusão é com relação a escolha do adubo líquido ou adubo em pó (granulado).

É importante ter em mente que estes adubos são complementares e não similares, ou seja, o uso do líquido não te dispensa de usar o em pó e vice-versa. Ambos são necessários para as plantas, mas se formos considerar apenas um como sendo essencial, este é o em pó, pois ele ficará por mais tempo no solo e realmente irá melhorá-lo.

 

Confira suas diferenças…

 

Adubo líquido:

  • Geralmente é oriundo do processo de compostagem/minhocário
  • Pode ser pulverizado nas folhas (parte debaixo delas) e regado/pulverizado no solo
  • Traz rápida resposta para a planta, cerca de 2 dias e já nota a diferença
  • Seus benefícios não se manterão por muito tempo, pois o contato com a planta e solo é muito rápido
  • Pode ser aplicado a cada 15 dias, porém em época de floração e frutificação deve ser evitado para não acelerar o processo ou aplicar somente nas raízes

 

Adubo em pó:

  • Tem origens variadas, dentro do universo orgânico pode ser de origem animal ou vegetal
  • É colocado diretamente na terra e misturado a ela
  • É um pouco mais lento em mostrar resultado, cerca de 15 dias
  • Seus benefícios se manterão por mais tempo, pois ficará incorporado à terra
  • Pode ser aplicado a cada 40 dias em caso de vasos e 3 meses em caso de canteiros
  • Ideal sempre variar o tipo de adubo usado

 

Quer fazer seu próprio adubo líquido? Monte um composteira em casa. Confira nossas opções aqui.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915 ou (11) 98426-6564
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br

 

 

Deixe uma resposta