Erva, tempero ou especiaria?

Erva, tempero ou especiaria?
Gabriela Pastro

Quando falamos de plantas aromáticas sempre surgem dúvidas do tipo…isto é uma erva, tempero ou especiaria? Mas hoje vamos dar um fim nisto!

Erva, tempero ou especiaria? ©Ze Gabriel
Erva, tempero ou especiaria? ©Ze Gabriel

Podemos separar as plantas em inúmeras categorias e uma delas é pelo seu porte, ou seja, em relação ao seu tamanho e crescimento. Basicamente, temos quatro tipos de vegetação: arbórea (composta por árvores), arbustivas (formada por arbustos), herbácea (formada pelas ervas) e gramíneas (compostas por capins, gramas ou relvas).

De uma maneira simples, podemos classificar as ervas como sendo plantas de caule mole e maleável, como os manjericões, cebolinha, salsinha e hortelãs. Por isto, o nosso querido louro (Laurus nobilis) está fora desta, ele é uma árvore!

E tempero e especiaria?

Temperos e especiarias podem ser considerados complementares. Chamamos de temperos as folhas, secas ou frescas, usadas para aromatizar e aumentar o sabor dos pratos. A maioria das ervas aromáticas são consideradas temperos, quem fica de fora são as ervas exclusivamente medicinais (por exemplo, o boldo). Portanto, o louro (aqui ele entra), manjericão, alecrim, sálvia, orégano são considerados temperos, pois utilizamos suas folhas.

Já quando usamos na culinária a flor, fruto, semente, casca, caule ou raiz de uma planta estamos falando em especiarias. Estas especiarias, assim como os temperos, podem ser consumidas frescas ou secas. São exemplos: canela, gengibre, pimentas, alho, cebola, noz moscada e açafrão.

Curiosidade: você sabia que o açafrão é extraído de uma parte da flor (estigma) da planta Crocus sativus?

E condimentos?

Podem ser considerados uma mistura de ervas, especiarias e outros ingredientes ou apenas o tempero em seu estado puro. Os principais condimentos são o curry, colorífico (produzido a partir do urucum) e os temperos, ou seja, é tudo que é acrescentado ao prato para adicionar aroma e sabor. 

Como vocês viram, uma planta pode ser considerada erva e mesmo assim ser um tempero e/ou uma especiaria….mas o que importa mesmo é que a denominação não faz diferença na hora de prepararmos deliciosos pratos para o dia a dia ou para ocasiões especiais. Viva as ervas, temperos e especiarias que encantam e aromatizam nossas vivas!!

Mais claro agora?

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta