Nossa Horta no Verão I: pragas e doenças

Nossa Horta no Verão I: pragas e doenças
A exuberância do verão ©Divulgação/Sabor de Fazenda
Sabrina Jeha

Manhãs ensolaradas, calor escaldante durante o dia, temperaturas batendo os 35ºC e, à tarde, as esperadas chuvas de verão que às vezes vêm tranquilas e ajudam a refrescar e outras vezes chegam violentas, com ventos, raios e trovões, alagando bairros inteiros…este é nosso verão!

E o nosso jardim de ervas, como reage aos extremos desta época do ano? 

O verão é época de expansão, crescimento! Muitas vezes viajamos para curtir as festas de final de ano e ao voltarmos quase não reconhecemos aquele canteiro de ervas tímido que havíamos deixado: o manjericão parece uma árvore que quer tomar conta do canteiro inteiro, as capuchinhas invadem o gramado, o louro, sempre tão lento, dá um salto e os tomilhos limão e comum viram uma moita perfumada!

Mas o verão com toda essa exuberância também é caracterizado pelas pragas e doenças: calor e água trazem vida, vida de todos os tipos: capuchinhas e couves cheias de lagartas, alecrins, tomilhos e sálvias com cigarrinhas, louro com cochonilhas, pimentas com ácaros, manjericões, hortelãs e melissas com larva minadora e os pulgões habitando várias plantas no jardim, sem falar nas gigantescas lesmas e nos danados dos caracóis que comem tudo sem dó.

Como cuidar das ervas nessa época para evitar e controlar as pragas que invadiram nossos canteiros e vasos?

A primeira coisa que temos de ficar atentos é com a adubação: o solo acaba sendo lavado e perdendo os nutrientes com toda esta chuva. Uma boa adubação mensal com bokashi e torta de Nim é sempre bem-vinda: a torta de Nim é um insumo chave para evitar as pragas e o bokashi traz equilíbrio para o solo. Depois de feita a adubação, podemos fazer catação manual das lagartas e uma limpeza das folhas atacadas por larvas minadoras e ácaros, jogando estas folhas prejudicadas no lixo. Feito isso, o tratamento fica completo ao aplicarmos uma calda com sabão de coco, pimenta do reino e alho (segue abaixo a receita) ou uma calda de óleo de Nim. Depois é só ficarmos atentos aos novos ataques e aplicarmos a calda semanalmente.

Curiosidade: poucas pessoas sabem, mas a joaninha é uma super amiga das hortas. Por incrível que pareça, esse pequeno inseto é carnívoro, ela se alimenta de outros insetos, principalmente do pulgão. Então devemos reverenciar sua presença em nossas hortas!

Inseticida de extrato de pimenta-do-reino com alho e sabão:

Fazer este inseticida vale muito a pena, pois as soluções de pimenta-do-reino e de alho podem ser guardadas por um longo período (desde que protegidas do sol), podendo serem usadas ao longo de todo o ano. O esforço inicial vale a pena!

100 gramas de pimenta do reino moída;

2 litros de álcool;

100 gramas de alho;

1 colher de sopa cheia de sabão de coco neutro ralado;

2 garrafas de vidro ou plástico;

1 pulverizador de 1,5 L.

Procedimento: vamos precisar fazer duas soluções: 1º) colocar 100 g de pimenta e 1 L de álcool em um vidro ou garrafa com tampa; 2º) em outra garrafa, juntar 100 g de alho triturado e juntar com 1 L de álcool. Deixar ambas as soluções em repouso por uma semana e na sombra. O que não for usado na etapa abaixo pode ser guardado.

Modo de usar (essa etapa só é feita quando a aplicação for imediata ou próxima): dissolver o sabão ralado em 1 L de água quente. Misturar 1 colher de sopa rasa da solução de pimenta-do-reino com 1 colher de chá cheia de solução de alho. Colocar esta mistura no pulverizador com o 1 L de água e sabão. Agite bem e deixe esfriar. Agora é só pulverizar nas plantas. A aplicação deve ser de baixo para cima e deverá ocorrer no final da tarde, visto que, o sol poderá queimar as folhas.

Lembrando que neste período de muitas chuvas a pulverização de inseticidas e a adubação deverão ocorrer com maior frequência, visto que, a água da chuva acaba levando embora os nutrientes e os inseticidas.

Produtos orgânicos prontos: óleo de Nim concentrado, óleo de Nim pronto, torta de Nim, DimyPel (contra lagartas), placas adesivas amarelas e azuis (controle ecológico de insetos).

Enfim, o verão para nós é assim…

*Quem se interessou e quer conhecer mais a fundo temas relacionados veja nossa programação de próximos cursos. E para quem quiser adquirir os produtos de controle de pragas e doenças acesse produtos e serviços disponíveis.

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo

Este post tem 33 comentários

  1. Super amei as informações, principalmente sobre o inseticida natural.
    Vou fazer para colocar em minhas plantinhas. =D

    1. Que bom que você gostou, Vânia. O inseticida é bem eficiente e não faz mal a saúde. Depois conta para nós sua experiência 🙂
      Att.

  2. Quanto as joaninhas,quando caiam na piscina,eu as resgatava com a rede e repetia isso varias vezes ao dia,todos os dias e as colocava nas roseiras para comer os pulgoes.Agora,moro num apto. em Petropolis com pouco sol…A unica planta na sala e uma arvore da felicidade que molho uma vez por semana e mesmo assim vejo os insetinhos andando nela.Vou seguir suas recomendacoes,pq veneno industrial nunca usei!

  3. Recentemente plantei Salsa Crespa, Manjericão, Alecrim, Pimenta do reino e Arruda. O espaço é grande tem 1 x 0,5 m. Todas vingaram e estão bonitas com exceção da salsa que esta com o miolo um pouco amarelado e murcho e as boras das folhas maiores brancas. O que acontece? O que devo fazer?

    1. Olá, Júnior. Provavelmente você podou o “olho” da salsa crespa, as salsinhas tem um brotinho pequeno no miolo dos ramos que são essenciais para seu desenvolvimento, se cortarmos ele, a planta morrerá em poucos dias. Para evitar isto, a colheita deve ser feita de fora para dentro, sempre tomando cuidado para não chegar neste miolo.

  4. Se as plantas nao costumam ser molhadas por chuva (varanda de apto), com qual frequencia devemos pulverizar o inseticida? Vou utilizar no manjericao, que está todo grudento… Cochonilhas eu acredito.

    1. Olá, Viviane. Tudo bem? Você pode aplicar o inseticida, como por exemplo o óleo de nim, uma vez na semana até a praga desaparecer.

  5. boa noite, não estou encontrando o bicho que está no meu manjericão. parece um mini caracol com a carapaça dura e marrom. são vários juntinhos. se precisar tiro foto. hoje borrifei um pouco de água com sabão de coco diluído.

      1. ola moro em Miami eh muito calor aqui, meu mangericao estava lindo, quando apareceram tipo pulgao preto e alguns esverdeado que consegui eliminar a maioria com solucao de agua e clorox (tipo cloro), e hoje sempre retiro alguns com minnha maos, o problema eh que agora as folhas comecam a crescer e logo secam, nao conseguem chegar ao tamanho normal , e a planta al lado de oregano esta na mesma situacao, vc poderia me ajudar a salva-los?

  6. Onde encontro esse óleo de nim?

    1. Olá, Maria José. Nós vendemos aqui no viveiro, nas feiras orgânicas do Parque da Água Branca e Modelódromo e enviamos pelos correios, caso deseje. Abraços, Gabriela.

  7. os meus pimentoes estao com folhas comidas e manchas brancas. como devo agir?

  8. Prezados amigos! As joaninhas realmente são benéficas na horta porque comem as pragas. Porém, na foto que vocês postaram com o título “Cochonilha, joaninha e pulgão”, a espécie de joaninha que aparece na foto, na verdade, é herbívora!! Ela é um pouco mais “corcundinha” e tem uma cor opaca. Ela vai comendo as folhas abrindo buraquinhos na mesma… abraços!!

    1. Bom dia, Flávia. Gratidão pela informação. Você tem o nome científico dela? Grande abraço, Gabi.

  9. Olá! Adorei o site. Tenho uma dúvida, pois quero fazer esse antídoto contra as praguinhas. meu manjericão tá cheio de larva minadora. No caso, vocês receitaram álcool. Minha pergunta é: que tipo de álcool? Pode ser o normal, ou tem de ser o de cereais? Sou bem principiante nessa nobre arte das hortas rs.

    1. Olá, Petrus. Não precisa ser o álcool de cereais. Pode ser o 40 achado em supermercado. Abraços, Gabi

  10. Parabéns ! Pelo vídeo de excelente valor , para aqueles que estão iniciando o prazer na terapia de plantar e colher bons frutos.

  11. Tenho vários vasos com ervas, e a minha hortelã esta cheia de uns pontinhos brancos e eles voao, e as folhas ficam grudentas e no manjericão as folhas novas ficam retorcidas. O que fazer?

  12. Bom dia! Os preparos da pimenta+alcool e alho + alcool podem ser guardados por quanto tempo? Tenho alguns vasos de plantas em casa, mas constantemente perco a briga com as pragas pq aparecem uns bichinhos brancos voadores, cochonilhas, pulgões e agora as até as folhas das suculentas estão ficando amareladas. A hortelã então, só tá viva ainda por um milagre. 😐

    1. Andrea, podem ser guardamos por mais de 1 ano, somente se você diluir em água que eles perdem essa validade. Abraços

  13. Olá por favor ,posso usar Inseticida de extrato de pimenta-do-reino com alho e sabão da certo sem sabão de coco teria outra no lugar natural ,eu posso usar para prevenir quantas vezes na semana?

    1. Patty, você pode fazer sem, porém a eficiência será menor. Você pode substituir por detergente natural. Ele é ideal para combate e não prevenção, use quando já houver pragas e doenças na horta.

  14. Oi ,o Óleo de nim é 100 natural?ele é usado para previnir pragas?

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho