Cavalinha (Equisetum hyemale)

Família: Equisetaceae

Origem: América Tropical

Outros nomes populares: cavalinha gigante, erva canudo, rabo de cavalo, horsetail (inglês), rough horsetail (inglês), scouring rush (inglês), cola de caballo (espanhol), cepacaballo (espanhol).

Características botânicas: subarbusto ereto, perene, de haste oca e na coloração verde. Não possui sementes, nem flores. Atinge em torno de 0,2 – 1,5 m de altura.

Cultivo-Solo/Clima: gosta de solos úmidos e argilosos. Deve-se escolher bem o local de seu plantio, pois ela se alastra com facilidade. Pode ser plantada de modo ornamental em vasos ou canteiros. Para crescer bonita e saudável deve ser plantada em local que receba pelo menos 3 horas de sol e com bastante umidade.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: combate dores de cabeça devido à presença de ácido acetilsalicílico, sendo utilizado também no combate de hemorragia externa e interna. Fortalece as paredes das veias evitando que depósitos de gordura se instalem, além de evitar varizes. É um dos mais espetaculares chás para as mulheres acima dos 40 anos, pois repõe os minerais e combate eficazmente a osteoporose. Porém deve-se ter cuidado, pois em excesso pode se tornar tóxica. Na cosmética, é excelente para fortalecer e dar brilho aos cabelos e unhas quebradiças. Para tanto se deve tomar o chá ou usá-lo como enxágüe final ao lavar os cabelos.

Partes usadas: haste.

 

ATENÇÃO: as informações aqui contidas são apenas para interesse didático. Antes de consumir qualquer planta medicinal consulte seu médico ou fitoterapeuta.

Envie uma mensagem pelo formulário abaixo ou nos chame pelo Whatsapp (11 98426-6564)

Fechar Menu
×

Carrinho