Losna (Artemisia absinthium)

Família:Asteraceae

Origem: Europa e Ásia

Outros nomes populares: absinto, artemísia, erva-santa, grande–absinto, losma, losna-maior, sintro, absinthe wormwood (inglês), absinthium (inglês), common wormwood (inglês), green ginger (inglês), grand wormwood (inglês), ajenjo (espanhol), asensio (espanhol), ajorizo (espanhol), artemisia amarga (espanhol), hierba santa (espanhol).

Características botânicas: planta arbustiva, com caule verde-prateado, atingindo um pouco mais de 1 m de altura. Todas suas partes têm sabor amargo. Apresenta pequenas flores amarelas.

Cultivo-Solo/Clima: desenvolve-se melhor em climas temperados, é muito sensível aos invernos rigorosos. Não gosta de geadas e neves. Prefere os solos argiloarenosos, férteis, profundos e permeáveis. Quando a permeabilidade não é ideal, cultiva-se em terrenos levemente inclinados. Dá-se bem em solos pedregosos. O terreno deve ser arado no fim do inverno a 20-30 cm de profundidade. Propaga-se por semente, divisão de touceiras e estacas.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: usada desde a antiguidade para tratar problemas do sistema digestivo, é um poderoso tônico para aumentar o volume de bílis e do suco pancreático, desta forma a infusão da erva é um ótimo aliado para casos de indigestão e gases, além de ser vermífugo. Atenção: acima de três xícaras pode causar intoxicação. Dela é feita o conhecido licor de absinto.

Partes usadas: folhas e flores.

 

ATENÇÃO: as informações aqui contidas são apenas para interesse didático. Antes de consumir qualquer planta medicinal consulte seu médico ou fitoterapeuta.

Envie uma mensagem pelo formulário abaixo ou nos chame pelo Whatsapp (11 98426-6564)

Fechar Menu
×

Carrinho