Orégano (Origanum vulgare)

Família: Lamiaceae

Origem: Europa

Outros nomes populares: manjerona-baiana, manjerona-selvagem, oregão, ouregão, greek oregano (inglês), oregano (inglês), spanish thyme (inglês), wild marjoram (inglês), furiégano (espanhol), mejorana silvestre (espanhol), orégao (espanhol), oriéngano (espanhol), ourégao (espanhol).

Características botânicas: planta herbácea, perene, ereta, aromática, 30-50 cm de altura. Flores pequenas, de cor branca, dispostas em racemos terminais curtos. Os frutos têm coloração escura e não se separam facilmente da semente. In natura, é muito confundido com a manjerona Origanum majorana, porém distingui-se pelo tamanho, cor das flores, aroma; as folhas da manjerona são mais “ásperas” com uma textura mais firme com uma leve penugem. Apesar da similaridade entre o orégano e a manjerona, no Brasil, a grande confusão ocorre mesmo entre o orégano e o tomilho, isto porque o orégano quando seco, parece muito com o tomilho in natura, pois suas folhas diminuem de tamanho, e os aromas ficam muito parecidos.

Cultivo-Solo/Clima: prefere solos bem férteis, de natureza calcária, secos, que recebam bastante luz solar. Propaga-se por divisão de touceiras, estacas ou por sementes.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: medicinalmente, é usado para melhorar a digestão, resfriados e dores de garganta (gargarejos). Sua infusão alivia as cólicas. Uma ótima opção de condimento para peixes, carnes, verduras e vinhos. Muito utilizado em pratos da comida italiana, como pizzas, molhos de tomates, massas, berinjela à parmegiana, etc.

Partes usadas: folhas e ramos.

 

ATENÇÃO: as informações aqui contidas são apenas para interesse didático. Antes de consumir qualquer planta medicinal consulte seu médico ou fitoterapeuta.

Envie uma mensagem pelo formulário abaixo ou nos chame pelo Whatsapp (11 98426-6564)

Fechar Menu
×

Carrinho