Urucum(Bixa orellana)

Família: Bixaceae

Origem: América Tropical

Outros nomes populares:açafrão, colorau, falso-açafrão, urucu, urucuzeiro, achiote (inglês e espanhol), aploppas (inglês), onoto (espanhol), urucú (espanhol).

Características botânicas:arbusto grande ou árvore pequena, com 3-5 m de altura. Flores levemente róseas e frutos cobertos de espinhos flexíveis, de cor vermelha, esverdeada ou parda. Propaga-se por estaquia, visto que, a reprodução por sementes é difícil.

Cultivo-Solo/Clima:tratando-se de uma planta tipicamente tropical, o seu cultivo pode ser realizado em diferentes regimes climáticos, porém, tanto a temperatura como a precipitação pluviométrica, poderão tornar-se fatores limitantes ao bom desenvolvimento da cultura. A planta desenvolve-se bem numa amplitude térmica entre 22 e 27°C, sendo 25ºC considerada como ideal. O urucuzeiro tolera baixas precipitações pluviais, desde que bem distribuídas. Prefere solos mais férteis onde predomina relativa umidade, aliada a um clima ameno. Em solos compactados, o desenvolvimento vegetativo ocorre de forma lenta e os pantanosos são impróprios ao seu cultivo. É recomendável solos com boa drenagem, fertilidade variando de média a alta, pH entre 5,5 e 7,0, bons níveis de cálcio e magnésio e ausência de alumínio. Recomenda-se o plantio em áreas planas ou ligeiramente onduladas.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais:tradicionalmente seu fruto era usado pelos indígenas para colorir a pele, com o intuito de proteger contra insetos e queimaduras por exposição ao sol. Também é amplamente usado como corante de alimentos (colorau) na cozinha nordestina.

Partes usadas:folhas, frutos e sementes.

Envie uma mensagem pelo formulário abaixo ou nos chame pelo Whatsapp (11 98426-6564)

Categoria: