Qual o melhor momento para colher raízes e rizomas?

Qual o melhor momento para colher raízes e rizomas?
Por Gabi Pastro, herbalista

Saber o momento da colheita de folhas, como ervas e hortaliças, e frutos é simples. Conseguimos saber visualmente se estão boas ou não para serem consumidas. Mas e as partes que ficam embaixo da terra? Aí é um pouco mais difícil.

Geralmente, colhemos raízes e rizomas (caules subterrâneos) no final do outono a começo da primavera, pois estão em seu ápice de desenvolvimento e com alto valor nutricional e medicinal.

Algumas plantas indicam a hora da colheita, por exemplo, mangarito, batata ariá, araruta, galanga, cúrcuma e zedoária secam e murcham todas suas folhas. Raízes como cenoura, rabanete, beterraba, nabo e algumas batatas começam a sair da terra conforme ganham maiores dimensões. Para essas últimas, as quais começam a sair da terra, é interessante sempre colocar mais terra ao redor para não deixá-las expostas ao sol e chuva. Caso contrário, ficarão secas, fibrosas ou, se houver excesso de água, apodrecerão.

Prefira colher em período de Lua Minguante, a energia estará toda direcionada para as partes debaixo da planta, logo no entardecer e em dias secos. Você não precisa tirar tudo de uma vez, pode colher as partes que estiverem mais na superfície.

Vale lembrar que as plantas têm um período mínimo de desenvolvimento e colher antes disso resulta em uma qualidade menor. Por exemplo, batata doce pode ser colhida entre 3 a 5 meses após o plantio.

Quer aprender a colher ervas e temperos, assim como cultivá-las? Participe do Curso Ervas Aromáticas: do Cultivo ao Uso Culinário com as herboristas Silvia e Sabrina Jeha no próximo dia 27. Mais informações e inscrições: (11) 2631-4915.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br

 

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho