RAIO-X | Arnica do mato

RAIO-X | Arnica do mato

Aproveitando que estamos na época da floração da arnica do mato, vamos falar dela hoje por aqui. Uma super planta medicinal.

Nome científico: Solidago microglossa DC.

Família botânica: Asteraceae.

Origem: América do Sul.

Outros nomes populares: arnica, arnica brasileira, arnica do campo, rabo de foguete, goldenrod.

Características botânicas: planta perene, rizomatosa e de altura media entre 1,0 – 1,7 m.

Cultivo-Solo/Clima: de fácil cultivo, porém melhor adaptada a solos arenosos, levemente ácidos, com húmus e iluminação plena. O clima mais adequado é o tropical. O plantio pode ser feito em qualquer época do ano, desde que haja chuvas/regas freqüentes durante a fase de crescimento. A colheita das flores é feita no início da floração, enquanto ainda são brotos; os rizomas podem ser coletados entre três e quatro anos após o plantio, no outono. Deve ser plantada sozinha em canteiros ou vasos, pois suas raízes são invasoras.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: por ainda não ter sido comprovada sua segurança para o uso interno, indica-se que seja usada apenas externamente na forma de compressas, unguentos ou cataplasmas no tratamento de traumatismos, torção, contusão e hematomas. Em varizes tem ação na circulação periférica, reduzindo a dor.

Partes usadas: folhas, flores e rizomas.

Obs: O nome popular “arnica” é, na verdade, aplicado a esta e outras espécies pela similaridade de uso medicinal com a “arnica-verdadeira” Arnica montana L., nativa das regiões montanhosas da Europa.

 

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br

Este post tem 2 comentários

  1. Leila Bordion

    Na homeopatia a arnica é muito utilizada é benéfica!!!

    Enviado do meu iPhone

Deixe uma resposta