RAIO-X | Hortelã-portuguesa

RAIO-X | Hortelã-portuguesa

Por Gabi Pastro

No último post de RAIO-X (aqui), nós fizemos com a hortelã-pimenta e agora é a vez da hortelã-portuguesa. Estamos aproveitando, pois essa é uma época na qual as hortelãs/mentas (Mentha sp.) vão muito bem. Aproveite você também na sua casa para cultivá-las.

Vamos a ela….

 

Nome científico: Mentha x villosa Huds.

Família: Lamiaceae.

Origem: Europa.

Outros nomes populares: hortelã, hortelã de panela, hortelã rasteira, menta vilosa, apple mint (inglês), mojito mint (inglês), manzanera (espanhol), mentrasto (espanhol), menta de manzana (espanhol).

Características botânicas: erva perene, ereta e com 30-40 cm de altura. Possui aroma e sabor mentolado, lembrando um pouco a maçã. É mais suave que a hortelã-comum. Suas folhas são grandes, aveludadas e opacas e seu crescimento é mais ereto que as demais hortelãs.

Cultivo-Solo/Clima: prefere solo rico em matéria orgânica. Suporta altas temperaturas desde que não falte água no solo. Resiste às baixas temperaturas, porém sofre com geadas. Propaga-se por estacas, divisão de touceiras e sementes. Necessita de sol pleno, acima de 3 horas de sol direto e diário. O ideal é cultivá-la em canteiros, porém uma bacia de boca larga também é válida.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: é indicada para enjoo, náuseas e problemas digestivos. Na culinária, usa-se normalmente, como as demais hortelãs, porém é interessante picá-la quando estiver preparando, pois suas folhas pilosas podem não ser agradáveis ao paladar.

Partes usadas: folhas e flores.

 

Av. Nadir Dias de Figueiredo, 395 – Vila Maria, São Paulo
(11) 2631-4915
sabordefazenda@sabordefazenda.com.br

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×

Carrinho