Arnica do mato (Solidago microglossa)

Família: Asteraceae

Origem: América do Sul

Outro nome científico: Solidago chilensis

Outros nomes populares: arnica, arnica brasileira, arnica do campo, rabo de foguete, goldenrod (inglês), felel (espanhol), romero cumarillo (espanhol), vara de oro (espanhol).

Características botânicas: planta perene, rizomatosa e de altura media entre 1,0 – 1,7 m.

Cultivo-Solo/Clima: de fácil cultivo, de melhor adaptação a solos arenosos, levemente ácidos, com húmus e iluminação plena. O clima mais adequado é o tropical. O plantio pode ser feito em qualquer época do ano, desde que haja chuvas/regas freqüentes durante a fase de crescimento. A colheita das flores é feita no início da floração, enquanto ainda são brotos; os rizomas podem ser coletados entre três e quatro anos após o plantio, no outono. Deve ser plantada sozinha em canteiros ou vasos, pois suas raízes são invasoras.

Usos medicinais, culinários e/ou ornamentais: por ainda não ter sido comprovada sua segurança para o uso interno, indica-se que seja usada apenas externamente na forma de compressas, garrafadas, unguentos ou cataplasmas no tratamento de traumatismos, torção, contusão e hematomas. Em varizes tem ação na circulação periférica, reduzindo a dor.

Partes usadas: folhas, flores e rizomas.

Obs: O nome popular arnica é, na verdade, aplicado a esta e outras espécies pela similaridade de uso medicinal com a arnica-verdadeira (Arnica montana L.), nativa das regiões montanhosas da Europa.

ATENÇÃO: as informações aqui contidas são apenas para interesse didático. Antes de consumir qualquer planta medicinal consulte seu médico ou fitoterapeuta.

Envie uma mensagem pelo formulário abaixo ou nos chame pelo Whatsapp (11 98426-6564)

Fechar Menu
×

Carrinho